Como estimular o bebê de dois anos?

Esse bebezão surpreende a cada dia. Sua habilidades não param de evoluir.

publicidade

Com dois aninhos os pequenos querem diversão. É a vez das bolas. Eles se divertem correndo através delas, chutando, tentando fazer gol.

Sua maneira de se comunicar é através de gestos, atitudes, mímica e algumas palavras. Mas se os pais se dedicarem e conversarem bastante com a criança, animando-a a falar e a escutando, ela pode aprender mais rápido a dialogar. Para ajudar a criança a se comunicar melhor e ampliar seu vocabulário, cantar e dançar é a melhor solução. Crianças pequenas também se divertem com brincadeiras animadas como pular na cama e fazer imitações e caretas.

É bom continuar incentivando a criança a desenvolver sua habilidade motora. Para isso, use muitos blocos e ajude-a a empilhá-los, encher os carrinhos com os blocos, equilibrar um em cima do outro.

Nesse período a criança já deve começar a participar da arrumação das suas coisas. Depois da bagunça, peça ajuda para organizar e recolher os brinquedos. Isso deve ser feito como uma continuação da brincadeira, e não como uma obrigação, uma coisa chata.

Como a criança nessa idade já interage bastante e se interessa pelo que observa, passeios em parques, zoológicos e aquários vão estimular seu aprendizado.

Já é hora de ensinar a criança a controlar a bexiga e pedir para fazer pipi quando tiver apertada. Esse treino não é fácil e precisa da dedicação de toda família. Os pais devem parabenizar a criança sempre que ela conseguir fazer pipi no vaso sanitário, mas não devem reprimi-la quando fizer na calça. Essa é mesmo uma função difícil para a criança controlar. Uma boa dica é perguntar freqüentemente para a criança se ela está com vontade de ir ao banheiro.

← releia: O que um bebê de 2 anos consegue fazer?

próximo: → O que um bebê de 2 anos e meio consegue fazer?

publicidade
publicidade