Como estimular o bebê de um mês?

Para que a criança adquira segurança e confiança, um importante relacionamento que precisa ser estabelecido entre mãe e filho é o olhar. É nesse olhar que a criança vai buscar, durante anos e anos de sua vida, as respostas e o respaldo nos momentos difíceis.

O ato de ninar e embalar o bebê também merece atenção especial dos pais. Esse gesto gera um momento de prazer e satisfação muito importante para o bebê, estimulando a parte sensorial e ajudando no desenvolvimento afetivo da criança.

Com um mês, o bebê não chora para fazer malcriação. Essa é apenas sua maneira de expressar seu desconforto, sua inquietação, seu mal estar. O papel dos pais é aprender a identificar o motivo do choro: fome, sono, cólica, frio, fralda suja. Esse é um dos primeiros exercícios para que os pais aprendam a entender e conhecer melhor seus filhotes.

Podem acontecer episódios do bebê chorar sem uma causa aparente. Isso ocorre por conta de um temperamento nervoso. Nesses casos, os pais precisam de disciplina e dedicação para fazer o bebê se acalmar, usando recursos como silêncio, ambiente tranquilo, carinho, e até uma chupeta ou fraldinha que o bebê esteja acostumado.

Os pais precisam lembrar que o bebê já nasce com personalidade. É importante que nesse primeiro mês a mãe deixe a criança manifestar suas vontades e observe suas reações. Só assim, a mamãe vai encontrar a melhor maneira de se relacionar com o seu filho.

A boa alimentação do bebê no primeiro ano de vida, quando ele dobra sua estatura e triplica seu peso, é fundamental para o crescimento e desenvolvimento da inteligência. O leite materno é o melhor alimento que o bebê pode receber. A dica é amamentar no peito e ficar de olho nos centímetros e quilos que o bebê ganha mês a mês. Esse é um grande gesto de amor.


Veja Também:

Pesquise aqui